Hamilton encerra domínio da RBR nos treinos e faz a pole do GP do Canadá

Inglês acaba com série de sete treinos classificatórios da equipe austríaca. Felipe Massa larga apenas na sétima posição, três atrás de Fernando Alonso

Por GLOBOESPORTE.COM

Montreal, Canadá

E o panorama finalmente mudou no oitavo treino classificatório da temporada 2010. O domínio dos carros da RBR nos sábados foi encerrado por uma volta sensacional de Lewis Hamilton com o cronômetro zerado. O inglês vai largar na pole position do GP do Canadá, após marcar o tempo de 1m15s105, 268 milésimos à frente de Mark Webber, da RBR, o segundo colocado. Sebastian Vettel, companheiro do australiano na RBR, ficou na terceira posição do grid.

O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, marcou o quarto tempo no treino e vai largar pela quinta vez no ano à frente de Felipe Massa, seu companheiro. O brasileiro ficou três posições atrás, em sétimo, logo atrás de Vitantonio Liuzzi, da Force India, o sexto. Jenson Button, atual campeão do mundo e colega de Hamilton na McLaren, conseguiu apenas a quinta posição.

Rubens Barrichello, da Williams, teve um bom desempenho com o carro da equipe inglesa e vai largar em 11º lugar na corrida deste domingo. O brasileiro superou o antigo rival Michael Schumacher nos minutos finais da segunda parte do treino (Q2) e deixou o heptacampeão da Mercedes apenas na 13ª posição. O alemão cometeu um erro em sua última volta.

Os estreantes brasileiros, mais uma vez, foram eliminados na primeira parte da sessão (Q1). Pela segunda corrida seguida, Bruno Senna, da Hispania, superou o compatriota Lucas di Grassi, da VRT, e vai largar na 22ª e antepenúltima posição. O outro piloto do país sai na última fila, em 23º, ao lado do indiano Karun Chandhok, que deu apenas três voltas no treino classificatório.

O treino

A primeira parte do treino classificatório não teve surpresas. Desde o momento em que entrou na pista e completou sua primeira volta cronometrada, Hamilton manteve o bom desempenho que já tinha mostrado no último treino livre. O inglês acabou o Q1 com o melhor tempo deste trecho: 1m15s889, logo à frente de Sebastian Vettel, Fernando Alonso e Nico Rosberg. Massa foi apenas o 11º, uma posição atrás do heptacampeão Schumacher.

Já Rubens Barrichello, que chegou a correr risco de ser eliminado ainda no Q1, conseguiu se classificar com folga na 13ª posição com sua Williams. Além dos seis carros das novas equipes (Lotus, Hispania e VRT), o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, também não conseguiu avançar à segunda parte. Ele larga apenas na 18ª posição.

O domínio de Hamilton continuou no Q2, embora Vettel tenha começado a mostrar o potencial da RBR neste treino. O alemão ficou a apenas 28 milésimos do tempo do inglês. Alonso, mais uma vez, passou com folga em terceiro, mas Massa sofreu para conseguir a décima posição. O brasileiro correu muito risco de ser eliminado, mas contou com a sorte e com um erro de Schumacher em sua última volta.

Schumi, aliás, foi o mais ilustre eliminado do Q2. O heptacampeão não conseguiu melhorar seu tempo após uma escapada na chicane que antecede a reta dos boxes. Ele larga apenas em 13º, duas posições atrás de Barrichello, que levou sua Williams a um ótimo 11º lugar e dividirá a sexta fila com o companheiro Nico Hulkenberg.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s