Frank Williams pede regra padrão para o uso do Kers na Fórmula 1

Equipe inglesa desenvolveu mecanismo que gera energia de engrenagem

Dono da Williams, atual equipe de Rubens Barrichello na Fórmula 1, Frank Williams espera que a categoria adote uma regra padrão para o uso do Kers, o sistema de recuperação de energia cinética. O mecanismo foi utilizado em 2009, mas apenas algumas escuderias o adotaram, já que o custo de desenvolvimento da peça é alto.

No último mês, o uso do Kers voltou à tona, e o mecanismo pode retornar à Fórmula 1 em 2011. Frank Williams, no entanto, acredita que desta vez as equipes devem competir em igualdade de condições.

– Sou um grande apoiador do uso do Kers. A indústria automotiva está trabalhando para reduzir as emissões de gás carbônico e, por esta simples razão, a Fórmula 1 deve assumir um papel de liderança. Mas deve ser compulsório. Ou todos usamos ou ninguém usa – disse o dirigente ao site holandês Formule1.nl.

Embora nunca tenha testado o mecanismo na F-1, a Williams desenvolveu um Kers diferente dos demais, que usa força gerada de engrenagem – na Fórmula 1, as equipes usavam baterias auxiliares para o Kers.

– Nosso sistema funciona bem e á atualmente usado pela Porsche em provas de resistência, mas é maior (em tamanho) que os sistemas elétricos. Como estamos usando tanques mais largos este ano, (o Kers) não cabe mais em um carro de Fórmula 1. Nosso modelo atual seria um ônibus de dois andares como os londrinos.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s