Lançamento do SpaceFox

O Fox sofreu sua primeira reestilização no final de 2009 e todos sabiam que era uma questão de tempo para a SpaceFox passar pelas mesmas mudanças. No total, foram sete meses até que a Volkswagen resolvesse apresentar sua nova perua, que chega com preço competitivo para tentar bater suas rivais.

Por fora, o visual é o mesmo do Fox, com destaque para os faróis inspirados nas gerações mais recentes de Golf e Polo. O desenho da grade frontal e do para-choque dianteiro também são inéditos e evocam esportividade.

A lateral não sofreu mudanças significativas, enquanto que a traseira recebeu lanternas com novo formato, mais quadradas do que a geração anterior. O para-choque também foi modificado e ostenta um adorno preto na parte inferior, ladeado por luzes refletoras na cor vermelha.

O interior foi extensamente modificado em relação à antiga SpaceFox. O antigo quadro de instrumentos, que era criticado por ser pequeno demais, foi trocado por um conjunto mais tradicional com iluminação azulada. O acabamento melhorou bastante, mas ainda peca pelo uso excessivo de plásticos. Outra novidade está no banco traseiro, que passa a ser corrediço, podendo ampliar a capacidade volumétrica do porta-malas.

A SpaceFox será vendida em duas versões de acabamento (1.6 e Sportline) e poderá ser equipada com a transmissão automatizada I-Motion. A configuração de entrada oferece ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, alarme antifurto e luzes de seta nos espelhos retrovisores de série. Já a versão Sportline agrega itens como airbag duplo, freios com sistema anti-travamento (ABS), sensor de chuva e rodas de liga leve.

Todas as versões serão oferecidas com o motor 1.6 flex, que gera 103 cv com álcool e 101 cv quando abastecido com gasolina. Os preços do modelo variam entre 48.790 reais e 57.860 reais no caso da Sportline 1.6 I-Motion.

Confira a lista de preços da nova SpaceFox:

SpaceFox 1.6: R$ 48.790
SpaceFox 1.6 I-Motion: R$ 51.460
SpaceFox 1.6 Sportline: R$ 55.190
SpaceFox 1.6 Sportline I-Motion: R$ 57.860

ampliação da produção dos modelos A1 e A8 da Audi.

A Audi anunciou nesta quarta-feira, 23 de junho, que vai aumentar a produção do A1 e do A8 para atender à crescente demanda por estes modelos, segundo o diretor financeiro da empresa, Axel Strotbek.

A montadora vai criar um novo turno aos sábados na planta de Neckarsulm, na Alemanha, para dar conta dos pedidos realizados para a compra do novo A8. No caso do A1, Strotbek afirmou que as vendas do compacto podem superar a projeção inicial de 100 mil unidades.

Enquanto isso, a Audi reiterou seu objetivo de superar a marca de 1 milhão de unidades vendidas em 2010 e se mostrou otimista quanto aos resultados dos próximos meses. Durante um evento realizado em Berlim, Strotbek afirmou que a montadora tem tudo para registrar um “crescimento acima da média” neste ano.

A Audi deve apresentar 12 novidades até o fim de 2010, entre modelos totalmente novos e reestilizações. Uma das apostas para o crescimento da empresa são os bons resultados obtidos na China, que apresenta uma demanda crescente pelos veículos da marca alemã. A meta principal da Audi é superar a rival – e conterrânea – BMW e assumir o segundo lugar nas vendas do segmento de carros de luxo até 2015.

Focus RS especial Le Mans

A Ford acaba de lançar cinco edições especiais do Focus RS em comemoração a história da montadora americana nas 24 Horas de Le Mans. Cada um dos modelos, com uma pintura específica, reproduz um veículo de corrida da Ford em épocas diferentes no circuito francês.

O Focus RS preto com listras brancas relembra o GT40 Mk II, que competiu em 1966. O modelo vermelho com listras brancas marca a participação do Mark IV em 1967. O carro branco com listra azul e borda vermelha homenageia o GT40 Mk IIB de 1967. Já o RS azul com dois tons de laranja é uma “réplica” do GT40s que esteve no circuito em 1968 e 1969. O último dele, em branco e azul, relembra o Capri RS 2600, que teve a vitória da categoria Touring, em 1972. Entre os itens especiais dos RS Le Mans estão os assentos Recaro e acabamentos em couro.

Com produção limitada a 600 unidades, os modelos tem em seu interior uma placa com informações sobre o modelo homenageado. O motor é um cinco cilindros de 2,5 litros com turbocompressor  que gera 300 cv de potência.  Sua velocidade máxima é de 262 km/h e ele faz 0 a 100 km/h em 5,9 segundos.

Edição especial do BMW M3 é toda vendida em 12 minutos

A BMW lançou nos Estados Unidos uma série especial, chamada de Frozen Gray Coupe, para celebrar os 25 anos do M3. Seu preço, nada menos que US$ 77.600,00. US$ 19.200 mais que o M3 de produção. Mesmo assim, de acordo com Larry Koch, gerente da grife M na BMW da América do Norte, as apenas 30 unidades construídas foram vendidas em apenas 12 minutos e em uma hora, mais de 50 pessoas se inscreveram para comprar uma unidade caso alguém desistisse.
O motor é o mesmo do M3 de produção, um V8 4,2 litros com 420 cv. Mas o Frozen Gray Coupe ainda vem com o Competition Package, que inclui rodas de 19 polegadas, suspensão mais baixa com maciez regulével de acorodo com as exigências da via e câmbio manual automatizado de dupla embreagem.
(Fonte: Wordcarfans)

Lotus: Gerador à combustão para carros elétricos

De olho no emergente mercado de carros elétricos a Lotus apresenta um gerador à combustão que visa a aumentar a automonia de carros elétricos. Não se trata de um motor convencional para ser associado a motores elétricos e sim um aparato para recarregar as baterias destes veículos que, na atualidade, ainda possuem pouca automonia.

Range Extender, como é chamado, teria a mesma função que o motor elétrico presente no Volt da GM. Trata-se de um motor extremamente compacto com 1,2 litro, 47 cv e pesando apenas 56 kg. Ou seja, um passageiro leve. nada que atrapalhe muito o desempenho ou aumente o consumo de baterias.

  • Digite seu E-Mail aqui:

    Junte-se a 2 outros seguidores

  • Calendário

    junho 2010
    D S T Q Q S S
    « maio    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930